AYAHUASCA 

Umbanda e Ayahuasca.

 

              A Umbanda é união de vários povos e já recebeu em sua bandeira a Jurema, que é uma Planta de Poder.

                  A Ayahuasca também é uma Planta de Poder que já é utilizada pelos povos da Amazônia desde o Peru até o Brasil há muitos séculos.

                 A Ayahuasca também conhecida como Yajé, Daime entre outros nomes, é preparada com o cipó Banisteriopsis Caapi e a folha Psychotria Viridis. O cipó é macerado, as folhas lavadas e levada ao cozimento em fogo alto. Daí sai o líquido cor de terra dourada que recebe o nome de Ayahuasca.

                Temos hoje várias correntes ayahuasqueiras bem organizadas entre elas: o Santo Daime, a União do Vegetal, a Barquinha, a Natureza Divina, o Elixir do Terceiro Milênio entre outras. O que sabemos é que a Barquinha tem incorporações de guias espirituais com o uso do Daime. O Santo Daime também tem alguns de seus templos que fazem Gira de Umbandaime.

           Alguns pais e mães de umbanda também utilizam o sacramento da Ayahuasca em seus terreiros.

             A Umbanda como religião organizada na sua diversidade acolheu a Jurema e agora perce-bo um movimento espiritual de acolhida da Ayahuasca nas suas fileiras.

              Só o tempo e os Orixás dirão qual será o futuro desta união.

         Hoje com mais de dezoito anos de Umbanda, nove anos como dirigente de Umbanda e quatros anos trabalhando com a Ayahuasca, percebo que esta planta, tal como a Jurema, se utilizada dentro de um ritual sagrado, com seriedade, por quem já adquiriu conhecimento e autorização para trabalhar com ela, enriquece muito os médiuns que participam dos rituais com a utilização da Ayahuasca.

            Dentro de um de terreiro que já tem suas forças espirituais assentadas e organizadas pelo mentor espiritual, a utilização da Ayahuasca deve sempre ser utilizada com a permissão do Guia Chefe da casa.

        A Ayahuasca como um potente enteogeno que é, faz uma limpeza profunda no campo espiritual do médium, muitas vezes abrindo a visão espiritual ou transportando-o a outros reinos da natureza.

        Em nosso terreiro tocamos Giras normais às sextas feiras e fazemos rituais com a Ayahuasca uma ou duas vezes por mês, aos sábados. Esta experiência mostrou para nosso grupo ser de extrema valia. Temos nosso próprio ritual que foi orientado pelos mentores da casa. Estamos ainda aprendendo, mas podemos dizer que esta união da Umbanda e da Ayahuasca pode ser bem sucedida, desde que feita com muita seriedade.

           Podemos perceber que a Ayahuasca tal como a Umbanda também tem muita flexibilidade e poder de aglutinação de forças espirituais. Penso que esta união será benéfica para muitos umbandistas e para as religiões ayahuasqueiras.

           Hoje podemos tomar o chá e cantar para os nossos orixás, para os nossos guias e perceber a beleza e a força que tem a Umbanda.

          Conhecemos também, dentro dos rituais com Ayahuasca, guias espirituais que hoje auxiliam nos trabalhos com a Gira de Umbanda. Em vista de todo este grande mistério, que é estar consciente na terra, Pai Oxóssi deixou para nós, umbandistas, a Jurema e também a Ayahuasca, que vem agora chegando devagarinho. Penso que é valido a discussão sobre o tema.

         A união nos torna mais fortes. O espiritual busca sempre a união das forças, o homem as ve-zes tende a dividir.

 

José Antonio de Souza

Psicólogo e Dirigente do Circulo de Irradiações Espirituais de São Francisco

 

 

Sextas-Feiras a partir das 20:00 horas

Av. Presidente Médice, 2500

Jd. Mutinga - Osasco - SP

 

NOSSO CONTATO

CONTATO@UMBANDACONSCIENTE.COM.BR

whatsapp - 11 - 990136603

  • w-facebook