PONTOS DE BAIANOS

Bahia, oh África

Venha nos ajudar

Povo baiano

Povo africano

Força divina

Vem cá, vem cá

 

*******

 

Oi quando eu vim lá da Bahia

Eu trouxe meu patuá

Terreiro que tem mironga

Baino vem trabalhar

Bahia êêê

Bahia êêá

 

*******

ZÉ BAIANO OU

ZÉ PELINTRA

 

Lá vem Zé, lá vem Zé

Oi, lá vem Zé lá da Bahia

 Lá vem Zé, lá vem Zé

Oi lá vem Zé do Jurema

Chegou Zé, sarava, sarava

Chegou Zé, sarava, sarava

 

*******

 

Galo já cantou, é de madrugada

Já esta na hora de chamar a baianada

Porteira, porteira velha

Porteira balanceou

Porteira, porteira velha

Baiano velho chegou

 

*******

Ai, ai, ai meu Senhor do Bonfim

Valei-me São Salvador

Oi, vamos sarava minha gente

Que o povo da Bahia chegou

 

Ai, ai, ai se ele é baiano

Agora que eu quero ver

Comer pimenta da costa

Com azeite de dendê

 

 Eu to chamando,eu to chamando

Eu to cansado é de chamar

Cadê meu irmão

Que não vem brincar mais eu

 

Com tanta abobora madura

Eu ao tenho farinha

Com tanto serviço bom

A minha faca ficou na Bahia

 

Quebra coco, quebra coco

Quero ver coco quebrar

Você brinca com baiano

Baiano não é de brincar

 

Vinte e cinco Pai Nosso

Uma Ave Maria só

Mais uma gira de baiano

Arrebenta qualquer nó

 

*******

 

Baiano bom

Baiano bom

Baiano bom

É o que sabe trabalhar

Baiano bom

É o que sobe no coqueiro

Tira o coco, bebe a água

E deixa o coco no lugar

 

*******

 

 Na bahia tem

Ei já mandei buscar

Lampião de vidro

Sá Dona

Para clarear

 

*******

 

Quem tem baiano pisa

Eu quero ver pisar

Oh Jesus salve a baianada

Aqui deste conga

 

*******

 

Pisa baiano

Pisa lá, que eu piso cá

Pisa baiano quero ver você pisar

A pisada de baiano

Faz poeira levantar

 

*******

 

Quando eu cheguei da Bahia

Estrada eu não via

Oi cada encruza que eu passava

Uma vela eu ascendia

Oi cada encruza que eu passava

Uma demanda eu vencia

 

*******

 

Bahia é terra de dois

É terra de dois irmãos

Governador da Bahia

É São Cosme e São Damião

 

*******

 

Oi fizeram um feitiço

Na encruzilhada pra me derrubar

Só que não adianta

Eu também sou de lá

Eu também sou de lá oxente

Eu também sou de lá oxente

 

*******

 

Subi no coqueiro

Procurando um galho

Me segura baiano

Se não eu caio

Balaio, balaio, balaio

Oi me segura se não eu caio

Se eu cai

Eu me machuco

Se eu machuco

Eu não trabalho

 

*******

 

Baiano quando vem

Vem brincando a beira mar

Solta a pemba no terreiro

E deixa os filhos trabalhar

Auê, baiano da serra da Mantiqueira

Auê, baiano quebra coco e não bambeia

 

*******

 

Pemba, pemba de Angola

Atoto Obaluaiê

Que os baianos vêm agora

 

*******

Na Bahia tem

Eu já mandei buscar

Lampião de vidro

Sá Dona

Para clarear

 

*******

BAIANO ZEFERINO

Olha, eu camarada, camarada meu

Mais olha eu camarada, camarada meu

Sou Zeferino que chegou aqui agora

Candomblé toco no keto

Umbanda toco na Angola

 

*******

 

Oi na Bahia

Ninguém pode com baiano

Quebra coco

Arrebenta a sapucaia

Quero ver quem pode mais

 

*******

 

Eu fui a Bahia

E implorei ao meu Senhor do Bonfim

Que ele me ajudasse

A seguir na Umbanda

Meu caminho até o fim

Meu senhor do Bonfim me ajude

Eu preciso de paz e saúde

 

*******

 

Vamos baianada

Dançar o catimbó

Amarrar os inimigos

Na pontinha do cipó

Amarrei, amarrei

Amarrei e dei um nó

Amarrei os inimigos

Na pontinha do cipó

 

*******

 

Oi, um baiano bom

Não tem medo de arriar

Com a faca na cintura

E cigarro pra fumar

Eu vou sarava, eu vou sarava

 

*******

Dizem que baiano

Tem o pé rachado

Quem mexe com baiano

Tá doido ou ta danado

Dizem que baiano

Tem o pé rachado

Na direita ele é bonzinho

Na esquerda ele é danado

 

*******

 

Baiano é povo bom

É povo trabalhador

Quem mexe com baiano

Mexe com Nosso Senhor

 

*******

 

Abre os portões da Bahia

Deixa os baianos passar

Ela é Baiana do Atai

Ela Baiana do Atoá

 

*******

 

O Bahia

Bahia terra de São Salvador

O Bahia

Bahia terra de São Salvador

Na Bahia tem, tem dendê

Na Bahia tem vatapá

Na Bahia tem caruru

Que só as baianas sabem fazer

 

*******

 

A todos Orixas

Permissão para chamar

Os guerreiros do espaço

Para virem trabalhar

Tem Baiano que é da lua

Tem Baiano que de acolá

Tem baiano que vem na luz de Oxalá

Zé Baiano já chegou

Já chegou pra trabalhar

Firma o ponto no terreiro

E a fé em Oxalá

 

*******

 

No tabuleiro da Baiana

Tem coco tem cocada

Tem azeite de dendê

Acarajé e Marmelada

Sarava a Bahia e Toda a Baianada

 

*******

 

Quem não viu Baiano bom

Corre e venha ver agora

Ele quebra mandinga

Ele vence demanda

Ele vem de Aruanda

Vamos todos saravá

 

*******

Mas o facão bateu em baixo

  E a bananeira caiu
Mas o facão bateu em baixo

 E a bananeira caiu
Cai, cai, bananeira

 E a bananeira caiu
Cai, cai, bananeira

E a bananeira caiu

 

*******

 

Lá na Bahia tenho morada
Seu Virgulino mora na beira da estrada
Derrubou casa sem muro

 Navegou sem embarcação 
Só não faço nesse mundo

 É casar irmã com irmão
O terreiro lá de casa

 Não se varre com vassoura
Varre com ponta de faca
Cangaceiro sou eu

 Aqui em qualquer lugar
O meu nome é Virgulino

 Carrego meu patuá

 

 

*******

Baiano que vem da Bahia

 vem beirando beira mar ,
Bota a canga no sereno

 ô deixa a canga serenar.
Auê baiano , baiano da laranjeira,
Auê baiano , na Serra da Mantiqueira "bis

 

*******

 

Oh, Baiana não me deixe assim

To com saudade de você perto de mim

Oh, Baianinha me apague o fogo

Sou seu baiano sou seu Zé do côco

 

*******

 

Na casa de Pai Chiquinho

Baiano vem pra sambar

Risca ponto, bebe um coquinho

Mas soa de trabalhar

 

*******

LAMPIAO

 

É lamp, é lamp, é lamp

É Lamp, é Lampião

O seu nome é Virgulino

Apelido é Lampião

Lampião tava dormindo

Acordou todo assustado

Deu um tiro na barata

Pensando que era soldado

 

 

********

 

Pontos das Baianas

 

MARIA DA MIRONGAS

 

Me chamo Maria das Mirongas

Me chamo vem trazendo o axé

A Umbanda já esta chamando

Seu Zé baiano é quem trouxe a fé

 

*******

 

Baiana só trabalha

Com azeite de dendê

Ela vem trabalhar

Na linha de Abaloaiê

 

*******

 

Oh baianinha esse seu tabuleiro sem nada

Que doce é esse o baiana

É cocada

Oh baianinha não me faça assim

Você fica na esquina

Olhando e sorrindo pra mim

 

*******

 

Ole mulher rendeira

Ole mulher renda

Tu me ensina a fazer renda

Que eu te ensino a namorar

Lampião desceu a serra

Com as sandálias de algodão

A sandália pegou fogo

E ficou de pé no chão

 

*******

 

O candeeiro se apagou

E o sanfoneiro cochilou

E a sanfona não parou

E o forró continuou

Oh amor não vai embora

Fique mais um bocadinho

Se você for seu nego chora

Fique só mais um pouquinho

 

*******

 

A flor de laranjeira

Alô Bahia

Cheira mais que aroeira

Alô Bahia

Vou mandar buscar

Vou mandar buscar

For de laranjeira

Pro meu bem vir-me cheirar

 

*******

 

Baiana da saia rendada

Seu tabuleiro tem axé

Ela vem se requebrando

Oi, quando dança o candomblé

Axé baiana

Salve o Senhor do Bonfim

Axé baiana

Oi, peça a Oxalá por mim

 

*******

 

Baiana faz e não manda

Nem tem medo de demanda

Baiana feiticeira

Filha de Nagô

Trabalha com pó de pemba

Pra ajudar Babalaô

Baiana sim

Baiana vem

Quebra mandinga

Com dendê

Baiana chegou na aldeia

Na noite de lua cheia

Estremece os corações

E a fé reencendeia

Pisa nele

Pisa manso

Meu nego

O lua cheia

Clareia o conga

O doía

Mamãe sereia

**********

 

 

Pontos de subida dos Baianos e Baianas

 

 

 Ô Coqueiro do norte

Que está balançando

É a Bahia que está lhe chamando

 

*******

 

Despedida de Baiando

Faz chorar, oi

Faz chorar , faz soluçar

Faz chorar

Maré , maré , maré

Oi quem tem pemba joga fora

Maré , maré , maré

Que os Baianos vão embora.

 

*******

 

E os baianos vão embora

Eles vão La pra Bahia

Oi zumbará  , que zumbará , que zumbará iê , iê

zumbará  , que zumbará , que zumbará ia, ia

 

*******

 

Vai , vai , vai

Vai deixar saudades

Os Baianos vão embora

Eles vão deixar saudades

 

*******

 

Cadê sua pemba

Cadê sua guia

Os Baianos vão embora

Seu conga é na Bahia

 

**********

 

 

PONTOS DE ZÉ PELINTRA

Oh Zé, oh Zé, oh Zé

Oh Zé da Brilhantina

Oh Zé, oh Zé, oh Zé

Namorado das meninas

Eu me chamo Zé Pelintra

Negro do chapéu virado

Seu Doutor, seu Doutor

Na direita eu sou bonzinho

Na esquerda eu sou danado

Seu Doutor, seu Doutor

Bravo Senhor,

Zé Pelintra chegou

Bravo Senhor,

Com os Poderes de Deus

Bravo Senhor

Zé Pelintra sou eu

Bravo Senhor

 

*******

 

Eu me chamo Zé Pelintra

Negro do chapéu virado

Quem mexer com Zé Pelintra

Está doido ou ta danado

Seu Doutor, Seu Doutor

Bravo Senhor

 

*******

 

O morro de Santa Tereza está de luto

Por que Zé Pelintra morreu

Ele morreu na porta de um cabaré

Com sete punhais no peito

Por causa de uma mulher

 

*******

 

 

 

 

Oi Zé quando for lá à lagoa

Toma cuidado com o balanço da canoa

Oi Zé faça tudo que quiser

Só não maltrate o coração dessa mulher

 

*******

 

Zé Pelintra , Zé Pelintra

Boêmio da madrugada

Vem na linha das almas

E também da encruzilhada

 

*******

 

Seu Zé tá bebo sim

Quem mandou ele beber

Troca de copo que a caneca ta furada

Zé Pelintra não bebeu nada

 

*******

 

Lá na Jurema

Zé Pelintra sentado

Fazendo seu Catimbó

Dava conta do recado

 

*******

 

Seu Zé Pelintra onde é que o Senhor mora

Seu Zé Pelintra onde é sua morada

Eu não posso te dizer

Por que você não vai me compreender

Eu nasci no Jurema

Minha morada é bem pertinho de Oxalá

 

*******

 

Jurema, jureminha , juremeira

Sarava seu Zé pelintra

Salve a folha da gameleira

 

*******

 

Com seu chapéu de palha

E seu lenço NE pescoço

Zé Pelintra esta em terra

Pra dizer boa noite moço

 

*******

 

Zé Pelintra no Catimbó

É tratado de Doutor

Quando abre sua mesa

Tem fama de rezador

 

*******

 

Tranca – Ruas e Zé Pelintra

São dois grandes companheiros

Tranca – Ruas na encruza

E Zé Pelintra no terreiro

 

*******

 

Conhecer a Boêmia

Tem que vir romper o dia

E ouvir a sua história

Que passou La na Bahia

Quem não conhece

Negro Zé alforriado

Seu terno branco, com um bom ferro engomado

Contando história que ele também foi doutor

Apesar da boêmia, ele só teve grande amor.

 

*******

 

 

 

Sextas-Feiras a partir das 20:00 horas

Av. Presidente Médice, 2500

Jd. Mutinga - Osasco - SP

 

NOSSO CONTATO

CONTATO@UMBANDACONSCIENTE.COM.BR

whatsapp - 11 - 990136603

  • w-facebook